Kara Goldin é fundadora da Hint Water, companhia de bebidas criada com o objetivo de "deixar a água mais interessante"

Kara Goldin, CEO da Hint Water
Divulgação
Kara Goldin, CEO da Hint Water


A norte-americana Kara Goldin sempre considerou água uma bebida desinteressante. Por isso, chegava a beber de 10 a 12 latas de Coca-Cola diet por dia, até que percebeu que estava sempre cansada e pesava mais do que gostaria. 

Com o terceiro filho recém-nascido, Kara decidiu deixar a Coca de lado e perdeu mais de 20 quilos em três meses. Isso fez com que ela passasse a ficar mais atenta à sua alimentação diária, mas ainda faltava encontrar um substituto saudável para sua bebida favorita. 

Kara buscava por algo que fosse próximo da água, mas que a deixasse mais interessante. Ao procurar nos supermercados, ficou surpresa quando percebeu que não havia um produto livre de calorias, adoçantes ou sabores artificiais. Foi com essa proposta que Kara criou a Hint Water, bebida com toque de frutas que vem arrecadando R$ 278 milhões em vendas por ano. 

"Água não tem adoçantes, não tem cor e não tem conservantes. Eu percebi que existiam mais de 2000 tipos de bebidas no mercado. É louco o quão competitivo é o setor. No entanto, acho que está cheio de produtos da mesma categoria. Eu digo aos empresários que se você está lançando uma companhia que é da mesma categoria dos outros e você não consegue definir em que você é diferente, então provavelmente não é uma boa ideia", diz a empresária. 

Kara também acredita que a alimentação saudável não é facilitada pelos grandes produtos do setor. "As indústrias alimentícias e de bebidas não estão preocupadas em ajudar os consumidores a ficarem saudáveis. Eles estão interessados em vender os produtos ao invés de entender quem você é como consumidor. Neste jogo você é enganado por palavras como "diet" e "baixo teor de gordura". No fim do dia, o que importa é você entender os ingredientes", comentou. 

Dica aos consumidores que desejam resultados rápidos

"Você precisa ser diferente. Não dá para competir com os bilhões de dólares que a Coca e a Pepsi gastam em propagandas. Ao invés disso, eu preciso entender como chegar no consumidor da forma que a Coca e a Pepsi não consegue. É realmente difícil ter uma companhia de sucesso", completou Kara. 

*Com informações da Fortune.com

Veja também:

Famosos que se tornaram empreendedores


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.