Banqueiro dá 5 dicas para jovens ganharem dinheiro com o próprio negócio

Por Patrícia Basilio - iG São Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

Fundador do Banco Brasil Plural ensina que os empreendedores devem aprender a conviver com riscos; com 38 anos, Eduardo Moreira faturou R$ 300 milhões em 2013 com seu grupo

Comandar um negócio altamente lucrativo não é para qualquer empreendedor. Principalmente quando se trata de um jovem. Para diferenciar-se dos demais no mercado, é preciso ser realista, ter perfil e estar disposto a lidar com riscos. Isso é o que afirma Eduardo Moreira, de 38 anos, fundador do Banco Brasil Plural, do segmento de investimentos.

-Leia também: Vale do Silício brasileiro reúne 20 startups em um único condomínio

O empreendedor ministrou palestra na última segunda-feira (10) para jovens estudantes do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos. Entre os temas abordados no evento, estavam a trajetória profissional e pessoal do empresário e dicas de empreendedorismo.

Confira abaixo as cinco dicas do banqueiro para o jovem que pretende se tornar um empreendedor:

Identifique se você tem perfil empreendedor e respeite sua avaliação  . Foto: Thinkstock/Getty ImagesNão superestime suas ideias e menospreze suas dificuldades. Foto: Thinkstock/Getty ImagesLeve para o mercado os conceitos aprendidos durante a faculdade
. Foto: Thinkstock/Getty ImagesMaximize seus potenciais e dê sempre o melhor de si. Foto: Thinkstock/Getty ImagesEntenda que empreender é um jogo de risco. Foto: Thinkstock/Getty Images


Moreira é formado em engenharia civil pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e atualmente dá aulas na Fundação Getulio Vargas (FGV). Jovem de sucesso, o empresário faturou R$ 300 milhões em 2013 com o Grupo Brasil Plural.

"Expliquei aos jovens que os conceitos de empreendedorismo são similiares na vida pessoal e profissional deles. A primeira dica é que as coisas nem sempre dão certo. Empreender envolve risco, assim como qualquer decisão na vida", explica Moreira.

Para o empresário, o mal dos jovens é que eles querem tudo muito rápido, o que nem sempre acontece. "Independentemente de as coisas estarem dando certo ou não,  é importante sempre dar o melhor de si. Assim, se algo der errado, saberemos que fizemos tudo que era possível", aconselha.

A faculdade, na avaliação de Moreira, tem papel importante na vida profissional e pessoal do futuro empreendedor. "Ao contrário do que o mercado fala, é importante levar para frente tudo o que foi aprendido na sala de aula. Se não fosse assim, de que serviria o diploma?", questiona ele.

Divilgação
Eduardo Moreira, fundador do Banco Plural: aprendizado em sala de aula é importante

No fim da palestra, Moreira recebeu questionamentos dos estudantes do MIT. Entre as perguntas, uma tratava dos entraves bucrocráticos e tributários para se abrir uma empresa no Brasil.

"Expliquei aos estudantes que no Brasil as dificuldades são um pouco maiores [em comparação com outros países]. Os jovens devem ter dinheiro e paciência para lidar com a burocracia e alta carga tributária", detalha o banqueiro.

Leia tudo sobre: empreendedorbanco pluralMITempreendedorismobanqueiroSeu Negócio

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas