O ministro das Finanças britânico, Alistair Darling, anunciou nesta quarta-feira um pacote único de ajudas para o crescimento da economia no valor de 2,5 bilhões de libras (US$ 3,7 bilhões), na apresentação do último orçamento antes das eleições.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237562726522&_c_=MiGComponente_C

Darling fez este anúncio ao apresentar um orçamento destinado, segundo ele, a garantir a recuperação, reduzir a dívida e investir no futuro da indústria britânica.

A economia britânica saiu da recessão no último trimestre de 2009, mas a recuperação é ainda frágil, e o déficit público, que disparou devido aos palnos de resgate bancários durante a crise, se situa em torno dos 12% do PIB.

Darling anunciou assim uma previsão de crescimento entre 1 e 1,5% do PIB em 2010 e entre 3 e 3,5% em 2011, mantendo a previsão anunciada para 2010 em dezembro, em seu anteprojeto de orçamento, mas revisou levemente a margem entre 3,25 e 3,75% do Produto Interior Bruto (PBI) estimada inicialmente.

A Grã-Bretanha foi uma das últimas potências industrializada a sair da recessão.

Leia mais sobre: Inglaterra

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.