A Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, podem atrair mais investimentos vindos de Cingapura. Um evento realizado nesta semana pela Agência Brasileira de Promoção e Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), na cidade-estado asiática, reuniu cerca de 100 investidores de Cingapura interessados em projetos no Brasil.

Além das  obras de infraestrutura ¿ que devem receber cerca de US$ 85 bilhões em investimentos diretos -, os investidores de Cingapura também pretendem abrir fábricas componentes eletrônicos (semicondutores) no País nos próximos anos. Em 2008, cerca de US$ 168 milhões em semicondutores foram importados de Cingapura.

Segundo o coordenador de Investimentos da Apex-Brasil, Ricardo Santana, o evento posicionou o Brasil como ótimo destino para investimentos. Estamos em contato com várias empresas de semicondutores que têm interesse em investir no Brasil. Em uma delas, só para operações de assembling e testing, podemos atrair cerca de US$ 100 milhões, avalia.

De acordo com dados do Banco Central, Cingapura injetou US$ 91,2 milhões na economia brasileira em 2008, sendo o terceiro país asiático com maior investimento no Brasil no ano passado.

Leia mais sobre Copa do Mundo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.