Tamanho do texto

A partir do mês de agosto, mais de 1,5 mil escolas públicas começarão a adotar a educação financeira nas salas do ensino médio

A partir do mês de agosto, mais de 1,5 mil escolas públicas começarão a adotar a educação financeira nas salas do ensino médio. Trata-se de uma iniciativa idealizada em conjunto pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Ministério da Educação e Instituto Unibanco. Os jovens receberão gratuitamente o material didático, assim como os professores. Alguns educadores, no entanto, têm criticado a iniciativa, já que o ensino público nacional carrega inúmeros gargalos e tem dificuldade mesmo para repassar conteúdos básicos, como o português.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.