O nível de emprego da indústria paulista subiu 1,64% em março na comparação com o mesmo mês de 2009. O saldo ficou positivo em 36 mil vagas.

O nível de emprego da indústria paulista subiu 1,64% em março na comparação com o mesmo mês de 2009. O saldo ficou positivo em 36 mil vagas. No acumulado do ano, o indicador registrou alta de 3,66%, com abertura de 79 mil vagas, segundo dados divulgados há pouco pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). No total, a indústria criou 45 mil postos de trabalho no mês passado. Na comparação de março com fevereiro, o nível de emprego da indústria paulista subiu 1,37%, com ajuste sazonal. No cálculo, sem ajuste sazonal, o emprego aumentou 2,05% em março. Dos 22 setores pesquisados, nenhum fez demissões: 20 contrataram e dois mantiveram o quadro de funcionários. O setor recordista de contratações foi o de produtos alimentícios com a criação de 25.623 vagas, seguido por produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis, com abertura de 5.795 postos; e produtos de borracha e material plásticos, com 1.514. O setor que menos criou emprego foi o de equipamentos de transporte, com abertura de apenas 28 vagas.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.