SÃO PAULO - A Fibria, empresa resultante da fusão de Votorantim Celulose e Papel (VCP) e Aracruz, anunciou um novo reajuste para os preços da celulose de fibra curta, o quarto aumento consecutivo a ser implementado em 2010 e válido a partir de 1º de abril. A alta nos preços de referência, segundo relatório da corretora Ativa, será de US$ 50 por tonelada e valerá para todos os mercados da matéria-prima. Com o aumento, o preço de referência da celulose na América do Norte subirá a US$ 870 por tonelada. Na Europa, a cotação alcançará US$ 840 por tonelada e na Ásia, US$ 800 por tonelada.

Conforme a Ativa, o "aperto no nível de estoques, a forte demanda por celulose (em especial na Ásia, mas com recuperação na Europa também) e ainda os problemas de fornecimento das fábricas de celulose no Chile" justificam a escalada dos preços da celulose no mercado internacional.

(Stella Fontes | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.