FRANKFURT (Reuters) - A Chrysler anunciou nesta terça-feira que junto com a Fiat e o fundo de investimentos Cerberus Capital Management assinou acordo para a criação de uma aliança global em que a montadora italiana ficará com participação de 35 por cento na rival norte-americana. A Chrysler informou que a aliança, que será um elemento importante no plano de viabilidade da empresa, vai dar à empresa acesso a plataformas de veículos com consumo eficiente de combustível, motores e componentes que serão produzidos em suas próprias fábricas.

A Fiat receberá inicialmente uma participação de 35 por cento na Chrysler e a aliança não envolve um investimento em dinheiro da Fiat na Chrylser e nem um compromisso de financiamento na Chrysler no futuro.

A notícia foi informada inicialmente pelo canal de televisão CNBC.

O acordo dá à Chrysler recursos de distribuição em importantes mercados em crescimento, bem como oportunidades de economias substanciais de custos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.