Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fiat traz da Europa peças para recall

A Fiat está trazendo da Europa, por avião, os cubos de aço que serão instalados nas rodas dos modelos Stilo para atender à determinação de recall feita pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC). O órgão acredita que o uso de ferro fundido nas peças é inadequado e teria provocado o desprendimento de várias rodas, resultando em acidentes com pelo menos oito mortes.

Agência Estado |

Segundo o diretor de comunicação da Fiat, Marco Antonio Lage, as peças em aço forjado não são produzidas no Brasil, pois equipam apenas carros de grande porte ou de luxo. “Estamos trazendo as peças de fornecedores da Itália e da Alemanha para poder realizar o recall o mais rápido possível”, disse. “Faremos a convocação para tranquilizar os clientes, mas reiteramos que a peça usada não tem o defeito que está sendo apontado.”

As peças devem começar a chegar ao País no início da próxima semana e serão distribuídas para os concessionários da marca. Quando a rede estiver abastecida e pronta para iniciar os consertos, a Fiat anunciará oficialmente o recall, ainda na próxima semana. Devem ser convocados cerca de 52 mil modelos produzidos a partir de 2004. Antes desse período, a peça era importada da Europa e foi nacionalizada, utilizando outro tipo de material.

A Fiat alega que a maioria dos carros produzidos no Brasil e em vários países utiliza a peça de ferro fundido, principalmente os carros populares, e que não há riscos de rompimento. “Vamos recorrer da decisão do DPDC aos órgãos competentes pois queremos provar que a peça não tem defeito”, disse Lage. A empresa mantém sua versão, baseada em laudos e testes feitos até na Itália, de que as rodas se soltaram após o impacto dos veículos e que não foram a causa dos acidentes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG