Rio, 28 - Ao analisar a movimentação de preços no âmbito dos produtos, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) informou que as altas de preço mais expressivas no varejo, no IGP-M de maio, foram registradas em batata-inglesa (14,41%); leite tipo longa vida (4,61%); e tarifa de eletricidade residencial (1,38%). Já as mais expressivas quedas de preço foram apuradas em tomate (-21,50%); laranja pera (-7,66%); e álcool combustível (-4,98%).

Rio, 28 - Ao analisar a movimentação de preços no âmbito dos produtos, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) informou que as altas de preço mais expressivas no varejo, no IGP-M de maio, foram registradas em batata-inglesa (14,41%); leite tipo longa vida (4,61%); e tarifa de eletricidade residencial (1,38%). Já as mais expressivas quedas de preço foram apuradas em tomate (-21,50%); laranja pera (-7,66%); e álcool combustível (-4,98%). No varejo, a inflação junto ao consumidor mensurada pelo IPC-M, acumula altas de 3,99% no ano e de 5,39% em 12 meses até maio, informou a FGV. Hoje, a fundação anunciou o IGP-M de maio - sendo que o IPC-M representa 30% do total do IGP-M. Segundo a FGV, a desaceleração na taxa do IPC-M, de abril para maio (de 0,73% para 0,49%) foi influenciada por inflação mais fraca nos preços dos alimentos (de 2,06% para 0,56%) no mesmo período. Isso porque, nesta classe de despesa, houve quedas e desacelerações de preços em hortaliças e legumes (de 7,79% para -1,95%), laticínios (de 5,02% para 2,74%) e adoçantes (de 0,96% para -2,32%). O grupo dos alimentos foi o único a apresentar decréscimo em sua taxa de variação de preços, entre os sete pesquisados para cálculo do IPC-M. Todos os outros seis apresentaram taxas de inflação mais intensas, ou até mesmo deflação mais fraca, de abril para maio. É o caso de habitação (de 0,23% para 0,60%); educação, leitura e recreação (de 0,19% para 0,24%); despesas diversas (de 0,10% para 0,39%); transportes (de -0,38% para -0,11%); vestuário (de 0,69% para 0,81%); e saúde e cuidados pessoais (de 0,53% para 0,80%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.