Rio, 9- A Fundação Getúlio Vargas (FGV) anunciou hoje que a primeira prévia de outubro do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) ficou em 0,55%, após registrar variação nula (0%) em igual prévia em setembro. Os preços dos produtos agrícolas no atacado subiram 0,25% na 1ª prévia de outubro, após registrar queda de 2,26% em igual prévia de setembro.

A FGV informou ainda que os preços dos produtos industriais no atacado tiveram alta de 0,87% na primeira prévia anunciada hoje, em comparação com o aumento de 0,65% na primeira prévia de setembro.

Dentro do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais registraram taxa negativa de 0,17% na primeira prévia de outubro, em comparação com a deflação de 0,30% na primeira prévia de setembro. Por sua vez, os preços dos bens intermediários tiveram alta de 1,03% na primeira prévia anunciada hoje, em comparação com o avanço de 0,89% na primeira prévia de setembro. Já os preços das matérias-primas brutas apresentaram taxa positiva de 1,20% na primeira prévia de outubro, ante deflação de 1,50% na primeira prévia de setembro.

A FGV informou ainda os resultados dos três indicadores que compõem a primeira prévia do IGP-M de outubro. O IPA teve alta de 0,71% na primeira prévia desse mês, em comparação com a deflação de 0,14% na prévia anunciada em igual período no mês passado. Por sua vez, o IPC registrou taxa negativa de 0,08% na primeira prévia de outubro, resultado idêntico ao apurado na primeira prévia de setembro. Já o INCC teve alta de 0,97% na primeira prévia de outubro, ante aumento de 1,17% na primeira prévia de setembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.