Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

FGV: IPC-S sobe 0,59% na 2ª prévia de fevereiro

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) subiu 0,59% na segunda prévia de fevereiro, medida até ontem, ante alta de 0,81% na primeira leitura deste mês, apurada até o dia 7 de fevereiro, informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Segundo a entidade, foi o menor resultado registrado pelo IPC-S desde a quarta semana de dezembro do ano passado, quando ficou em 0,52%.

Agência Estado |

Desaceleração da inflação nos grupos Alimentação (de 1,16% para 0,81%); e Educação, Leitura e Recreação (de 2,91% para 1,93%) levaram ao aumento menos intenso do IPC-S, na passagem da primeira para a segunda prévia deste mês. Segundo a FGV, houve forte desaceleração de preços em produtos nas duas classes de despesa. Os destaques ficaram por conta das movimentações de preços em frutas (3,32% para 0,22%) e em cursos formais (4,71% para 2,98%), respectivamente.

Das sete classes de despesa usadas para cálculo do índice, seis registraram taxas de inflação mais fracas, ou deflação mais intensa, na período. Além dos dois grupos já citados, é o caso de Habitação (de 0,29% para 0,27%); Vestuário (de -0,27% para -0,74%); Transportes (de 0,66% para 0,54%) e Despesas Diversas (de 0,44% para 0,39%).

A única classe de despesa a apresentar aceleração de preços, no mesmo período, foi a de Saúde e Cuidados Pessoais, que passou de 0,43% para 0,52%.

Produtos

Ao analisar a movimentação de preços entre os produtos, no âmbito da segunda prévia de fevereiro do IPC-S, a FGV informou que as mais significativas altas de preço no varejo foram apuradas em tarifa de ônibus urbano (1,18%); manga (34,03%) e batata-inglesa (8,96%).

Já as mais significativas quedas de preços foram apuradas em mamão papaia (-11,94%); limão (-33,85%) e tomate (-9,29%).

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG