A inflação na cidade de São Paulo voltou a ganhar força entre a quarta quadrissemana de março e a primeira prévia de abril. O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) acelerou na cidade, passando de 0,77% para 0,90% no período, segundo informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A inflação na cidade de São Paulo voltou a ganhar força entre a quarta quadrissemana de março e a primeira prévia de abril. O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) acelerou na cidade, passando de 0,77% para 0,90% no período, segundo informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O IPC-S nacional de até 7 de abril anunciado ontem pela FGV acelerou para 0,98%, ante alta de 0,86% no indicador anterior, de até 31 de março.<p><p>Cinco das sete cidades pesquisadas apresentaram inflação mais intensa até a quadrissemana encerrada em 7 de abril. Além de São Paulo, é o caso de Brasília (de 0,35% para 0,47%), Porto Alegre (de 1,17% para 1,24%), Salvador (de 0,50% para 0,83%) e Recife (de 1,15% para 1,67%). Já as duas capitais restantes apresentaram desaceleração de preços. São os casos de Belo Horizonte (de 0,71% para 0,67%) e Rio de Janeiro (de 1,10% para 1,08%).
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.