Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

FGV: grupo alimentação é destaque no IPC-S

Rio, 17 - O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) de até 15 de novembro subiu 0,56%, segundo informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV). No índice anterior, de até 7 de novembro, o indicador havia registrado alta de 0,58%.

Agência Estado |

A leve desaceleração foi influenciada por elevações de preços menos intensas em quatro das sete classes de despesa usadas para cálculo do índice. Segundo a FGV, o grupo dos alimentos foi, mais uma vez, destaque no cálculo do índice.

Entre as desacelerações mais expressivas estão movimentações de preços em Alimentação (de 1,16% para 1,06%); Vestuário (de 0,98% para 0,95%); Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,49% para 0,42%); e Transportes (de 0,14% para 0,13%).

No período, houve desacelerações de preços expressivas em frutas (6,93% para 5,73%), arroz e feijão (2,50% para 0,68%) e carnes suínas (2,20% para 1,22%).

Ao analisar a movimentação de preços entre os produtos, no âmbito do IPC-S de até 15 de novembro, a FGV informou que as mais significativas altas de preço no varejo foram apuradas em limão (25,66%); mamão da amazônia - papaya (24,68%); e alcatra (7,85%). Já as mais significativas quedas de preços foram registradas nos preços de cenoura (-19,31%); manga (-23,28%); e cebola (-16,82%).

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG