Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

FGV: batata, mamão e cenoura puxam 1ª prévia do IGP-M

Rio, 12 - A Fundação Getúlio Vargas (FGV) informa que, na análise da movimentação de preços por produtos, as elevações mais significativas no varejo, no âmbito da primeira prévia do IGP-M de janeiro, foram registradas em batata-inglesa (10,39%); mamão da Amazônia - papaia (10,87%); e cenoura (19,15%). Já as mais expressivas quedas de preço foram apuradas em limão (-36,03%); carne moída (-5,02%); e automóvel novo (-7,10%).

Agência Estado |

No varejo, o IPC acumula elevações de 0,24% no ano e de 5,31% em 12 meses, até a primeira prévia do IGP-M de janeiro. A informação foi divulgada pela FGV, que anunciou hoje a primeira prévia do IGP-M desse mês - sendo que IPC representa 30% do total do IGP-M.

Segundo a FGV, das sete classes de despesa usadas para cálculo do índice, cinco apresentaram elevações de preços menos intensas, na passagem da primeira prévia de dezembro para igual prévia em janeiro. É o caso de Alimentação (de 0,36% para 0,15%); Habitação (de 0,39% para 0,21%); Vestuário (de 0,93% para 0,52%); Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,58% para 0,45%); e Educação, Leitura e Recreação (de 0,38% para 0,14%).

Os destaques em movimentação de preços, porém, ficaram por conta de itens componentes dos grupos Alimentação e Habitação, que mais contribuíram para a desaceleração na taxa do IPC, no período (de 0,36% para 0,24%). Foram registradas quedas e desacelerações de preços em hortaliças e legumes (de 5,08% para 3,02%), carnes e peixes industrializados (de 0,56% para -1,80%); restaurantes (de 1,61% para -0,17%); tarifa de eletricidade residencial (de 0,44% para 0,04%); e móveis para residência (de 0,99% para -1,07%).

As outras duas classes de despesa apresentaram aceleração ou fim de deflação de preços. É o caso de Despesas Diversas (de -0,09% para 0,17%) e de Transportes (de 0,07% para 0,35%).

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG