Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

FGV: avaliação s/ demanda atual puxa confiança da indústria em jan.

A melhora nas avaliações dos empresários sobre a demanda atual ajudou a formação da taxa positiva de 0,5% no Índice de Confiança da Indústria (ICI) em janeiro. Em comunicado, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) comentou que o Índice da Situação Atual (ISA) avançou 2,6% em janeiro ante dezembro.

Agência Estado |

Isso porque a participação de empresas que avaliam a demanda atual como forte aumentou de 2,2% para 8,3% no mesmo período. Mas a parcela das empresas entrevistadas que a classificam como fraca também subiu, embora de forma menos intensa, de 35,6% para 36,3%, no mesmo período.

A fundação alertou que, apesar disso, as empresas continuam demonstrando pessimismo em relação aos próximos meses. "O Índice de Expectativas (IE) atingiu o nível mais baixo da série histórica iniciada em abril de 1995, influenciado pelo indicador que mede o grau de otimismo em relação aos seis meses seguintes", informou a fundação, em seu comunicado. Em janeiro, o IE teve patamar de 72,2 pontos na série com ajuste sazonal, e registrou nível de 65 pontos na série sem ajuste sazonal.

A fundação complementou, em seu informe, que das 1.104 empresas consultadas para cálculo do ICI, 12,8% preveem melhora da situação dos negócios no primeiro semestre de 2009 e 35,8% projetam uma piora no cenário, para o mesmo período. "No mês passado, nas previsões feitas para o semestre entre dezembro de 2008 e maio de 2009, estes percentuais haviam sido de 25,3% e 37,6%, respectivamente", acrescentou a fundação, em seu comunicado.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG