Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

FGV: 97% das empresas brasileiras esperam algum impacto pela crise

Rio, 12 - As empresas brasileiras estão temerosas com o impacto da atual crise financeira em seus negócios. Levantamento da Fundação Getúlio Vargas (FGV) feito com base nos dados da Sondagem da Indústria da Transformação mostrou que, das 1.

Agência Estado |

112 companhias pesquisadas, 97% das empresas acham que serão afetadas de alguma forma pela crise financeira internacional. Em comunicado, o coordenador do Núcleo de Pesquisas e Análises Econômicas da FGV, Aloisio Campelo, comentou que maioria das companhias (62%) acredita que será afetada de forma moderada; 21% das empresas acreditam em impacto de forma intensa e 14% de forma suave.

Ainda segundo o levantamento, entre os segmentos com perspectivas negativas está o de Celulose e Papel, em que 34% das empresas esperam ser afetadas de forma intensa e 14% de forma suave. Em segundo lugar, em termos de perspectiva negativa, está o de material de transporte, com 23% das companhias pesquisadas aguardando impacto intenso e 6% impacto suave. Em terceiro lugar, entre os mais pessimistas, está a indústria mecânica, com 22% das empresas pesquisadas esperando impacto forte e outras 5% impacto suave; seguido por indústria metalurgia (18% das empresas estimam impacto intenso e 2% uma influência suave).

Ainda conforme o levantamento, no caso da indústria de Produtos Alimentares há uma incidência superior de empresas que prevêem impacto intenso da crise internacional sobre os negócios (38%) em comparação com a média do total de empresas. Mas também há um número considerável de empresas, nesse setor, que projetam impacto suave da crise internacional (21%). "Neste caso, as mais pessimistas são aquelas que produzem commodities agrícolas e exportam boa parte do que produzem. Os produtores de alimentos destinados prioritariamente ao mercado interno são os menos preocupados com os efeitos da crise", acrescentou a FGV.

(Alessandra Saraiva)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG