O saldo líquido das contas vinculadas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em 2008 ficou positivo e bateu recorde, atingindo R$ 6,702 bilhões, resultado de uma arrecadação de R$ 48,616 bilhões contra um total de saques de R$ 41,914 bilhões. O saldo líquido de 2008 foi 106,1% superior ao registrado em 2007.

Também em relação ao ano anterior, a arrecadação bruta do FGTS em 2008 cresceu 16,7% enquanto os saques aumentaram 9,2% no ano passado frente ao ano anterior.

Esse crescimento é resultado direto do maior número de empregos com carteira assinada oferecidos no passado pelo setor privado. Um pouco mais de 2,5 milhões de empresas fizeram depósitos de recursos em nome de seus empregados. Esse número de empregadores, de acordo com balanço anual divulgado pela Caixa Econômica Federal, representou um crescimento de 5,8% em relação ao ano anterior, quando 2,3 milhões de empresas recolheram dinheiro às contas do FGTS. O número de contas vinculadas também cresceu, na ordem de 10,1%, atingindo 29,3 milhões no ano passado contra 26,5 milhões de contas existentes em 2007.

Leia mais sobre FGTS

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.