SÃO PAULO - A primeira semana de fevereiro traz relevantes indicadores econômicos tanto no campo doméstico quanto no externo. Por aqui, os destaques são a produção industrial de dezembro e o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de janeiro.

Nos Estados Unidos, o ponto alto da semana é o relatório sobre o mercado de trabalho em janeiro, que deve confirmar novo fechamento de vagas. Na Europa, o foco está nas decisões de juros do Banco Central Europeu (BCE) e Banco da Inglaterra (BoE).

Hoje, os investidores observam as projeções do boletim Focus, do Banco Central (BC). Atenção para a expectativa de IPCA, que recuou nas últimas duas semanas. Também será divulgada a variação semanal no Índice de Preços ao Consumidor (IPC) e o desempenho da balança comercial em janeiro.

Atenção também para o resultado trimestral do Bradesco, primeiro grande bando a divulgar números referentes ao quarto trimestre de 2008. A Fator Corretora estima lucro líquido recorrente de R$ 2 bilhões, crescimento de 8,2% no comparativo anual.

Nos EUA, a agenda reserva os gastos e a renda do norte-americano em dezembro. Está prevista uma queda de 0,9% nos gastos e redução de 0,4% na renda. Também será apresentado o gasto com construção, que deve registrar baixa de 0,9% em dezembro. O Instituto de Gerentes de Compras (ISM, a sigla em inglês) divulga o índice de atividade no setor industrial em janeiro. A estimativa aponta para leve baixa, de 32,4 pontos para 32 pontos.

Na agenda de balanços, a semana conta com os números da Dow Chemical, Alcatel-Lucent, BP Plc, Cisco, Kraft Foods, Philip Morris, Time Warner, Visa e Kellogg.

(Eduardo Campos | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.