SÃO PAULO - Sem referencial de Nova York, a quinta-feira deve ser de poucos negócios nos mercados brasileiros. A atenção fica voltada para os acontecimentos na Ásia e na Europa.

Wall Street não opera em função do feriado do Dia de Ação de Graças e, pelo mesmo motivo, o pregão de sexta-feira encerrará mais cedo.

Na agenda do dia, o destaque fica com o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) referente ao mês de novembro. A previsão é de inflação de 0,50%, recuando da leitura anterior de 0,98%. Essa desaceleração nos preços do atacado é esperada como reflexo no menor valor das commodities.

A sexta-feira não reserva indicadores no Brasil e nos Estados Unidos. Para a primeira semana de dezembro, saem os dados de inflação no mercado interno. Já nos EUA, os investidores recebem os dados sobre o mercado de trabalho em novembro, as encomendas à indústria, os índices de atividade no setor de serviços e de manufatura e o Livro Bege do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano.

(Eduardo Campos | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.