Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fenabrave: venda de automóveis deve cair 19% em 2009

A queda nas vendas de automóveis nos últimos dois meses mudou o ânimo da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) em relação a 2009. A entidade, que projetava crescimento de um dígito para o próximo exercício, afirmou hoje que reviu suas estimativas para o próximo ano para uma queda de 19% nas vendas de automóveis e comerciais leves.

Agência Estado |

A previsão da Fenabrave é de que sejam comercializadas 2,155 milhões de unidades nesses dois segmentos em 2009. As estimativas para 2008 também foram revistas, de uma alta de 20% para 13%, com um total de 2,661 milhões de unidades.

Em nota o presidente da entidade, Sérgio Reze, explica que a média de vendas caiu muito nos últimos três meses deste ano, após o agravamento da crise internacional e suas conseqüências sobre o crédito para financiamentos. "Passamos de uma média de 252 mil automóveis e comerciais leves emplacados no terceiro trimestre de 2008 para uma média de 170 mil no último trimestre do ano", afirma. A afirmação considera a projeção de fechamento para dezembro.

Essa é a projeção oficial mais negativa já divulgada até agora. A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), por exemplo, ainda não divulgou projeções para o próximo exercício.

O presidente da Fenabrave informa ainda que a entidade poderá fazer novas revisões para baixo nas projeções no decorrer do primeiro semestre de 2009, podendo chegar até a uma queda de mais de 30% nas vendas de automóveis e comerciais leves. "Dependendo das medidas a serem anunciadas pelo governo, a queda pode ser menor em 2009", afirma Reze.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG