São Paulo, 28 out (EFE).- A edição latino-americana da feira de produtos orgânicos BioFach 2009, inaugurada hoje na cidade de São Paulo, promove a criação de uma bolsa mercantil para os negócios e investimentos do setor.

Esse projeto, intitulado "Rainforest Exchange", será apresentado no evento por Maritta Koch Weser, antropóloga e presidente da Earth3000, organização com sede na Alemanha que desenvolve inovações na área ambiental.

A bolsa especializada em artigos certificados como de origem orgânica pretende adotar critérios de desenvolvimento sustentável e produção socioambiental para produtos oriundos de selvas e florestas nativas.

"No Brasil, apoiamos a ideia. É muito importante para chamar a atenção das grandes instituições financeiras para um diálogo na linguagem delas", disse à imprensa Maria Beatriz Martins Costa, diretora da Planeta Orgânico, uma das instituições que organizam a feira.

Neste ano, a Biofach 2009 já passou por Alemanha, Estados Unidos, China, Índia e Japão.

A atual edição latino-americana recebeu o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) e das empresas associadas ao selo de qualidade Projeto Organics Brasil.

Durante três dias, especialistas de 15 países debaterão e exporão as novidades da indústria para o mercado de alimentos, bebidas, tecidos e cosméticos de origem orgânica. EFE wgm/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.