Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Federarroz pede à Conab volta dos leilões quinzenais de arroz

Porto Alegre, 25 - A Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) encaminhou correspondências ao ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, e ao presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Wagner Rossi, pedindo que os leilões de arroz voltem a ser feitos a cada 15 dias, respeitando o acordo feito com a cadeia produtiva. O acordo previa a realização de três operações, nos dias 16 e 30 de setembro e outra na metade de outubro, relata a entidade no documento.

Agência Estado |

A Conab optou por elevar a oferta acrescentando mais um leilão ao cronograma. Com isso, serão três operações este mês - nos dias 16, 23 e 30 - reduzindo para uma semana o intervalo entre elas.

Na avaliação da Federarroz, se esse ritmo semanal e volume de vendas em torno de 50 mil toneladas for mantido, em "três meses não haverá mais estoques de arroz". O superintendente de operações da Conab, João Paulo Moraes Filho, disse que o leilão do dia 30 está mantido e, depois dele, a cadeia produtiva voltará a se reunir em Brasília para avaliar o comportamento do mercado.

As medidas da Conab estão dentro do que previa o acordo com o setor, argumentou Moares Filho, lembrando que um dos pontos do entendimento era garantir a estabilidade do preço na faixa de R$ 32,00/saca. A reunião da cadeia ainda não tem data marcada e deve acontecer nos primeiros dias de outubro.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG