Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fed prorroga linha de ajuda a bancos até janeiro de 2009

O Federal Reserve (Fed, banco central americano) anunciou hoje que irá estender até 30 de janeiro de 2009 o período no qual os bancos de investimento podem tomar empréstimos emergenciais (chamada de janela de redesconto) da autoridade monetária, diante do contínuo aperto nos mercados de crédito. Originalmente, o prazo terminaria em setembro.

Agência Estado |

O Fed informou ainda que planeja estender a facilidade de empréstimo de títulos a termo (TAF, na sigla em inglês) para a mesma data e oferecer opções de leilões para os "primary dealers" (instituições financeiras credenciadas) tomarem emprestados até US$ 50 bilhões no programa.

O banco central americano também está introduzindo uma facilidade de leilão a prazo, de 84 dias, para complementar os leilões de 28 dias, anunciados em dezembro passado, como forma de responder aos problemas de liquidez no mercado de curto prazo. Os leilões desses empréstimos devem começar em 11 de agosto.

Paralelamente aos vencimentos mais longos do programa americano, o Banco Central Europeu (BCE) e o banco central da Suíça disseram ao Fed que irão disponibilizar empréstimos de 84 dias e 28 dias nos leilões de dólar. Para acomodar esses leilões, o Comitê de Mercado Aberto (Fomc) do Fed autorizou um aumento na linha de trocas de dólares com o BCE para US$ 55 bilhões (antes era de US$ 50 bilhões). A linha de troca de recursos com o banco central suíço foi mantida em US$ 12 bilhões. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG