O Federal Reserve americano (Fed, banco central dos Estados Unidos) anunciou nesta segunda-feira que começou a recomprar títulos endossados a créditos imobiliários junto a organismos de refinanciamento hipotecário americanos, iniciando uma nova etapa de apoio à economia.

Estas operações de compra de títulos emitidos por Fannie Mae, Freddie Mac e Ginnie Mae são realizadas pela conta do Fed por administradores de ativos privados escolhidos pelo banco central, indicou o Banco da reserva federal de Nova York em seu site.

O Fed de Nova York é o intermediário tradicional entre o banco central americano e os mercados.

Anunciado em novembro, o plano de recompra de títulos atrelados a ativos imobiliários emitidos por Fannie Mae, Freddie Mac e Ginnie Mae, prevê que o Fed disponibilize 500 bilhões de dólares.

Em sua reunião de política monetária do mês de dezembro, o Fed se comprometeu oficialmente no caminho de "flexibilização monetária quantitativo", política de aumento em massa da liquidez, e indicou que poderá ser levado a aumentar este montante em 500 bilhões de dólares, em função de sua avaliação da conjuntura econômica.

Leia mais sobre Fed

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.