Tamanho do texto

SÃO PAULO - As bolsas da Ásia fecharam em alta nesta sessão, um dia depois da decisão do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) de manter a taxa básica de juro entre zero a 0,25% ao ano. A autoridade monetária dos EUA sinalizou ontem que irá manter o juro básico do país por um extenso período.

Os agentes também observaram de perto o anúncio do Banco do Japão (BOJ, na sigla em inglês), que manteve o juro básico em 0,1% e decidiu dobrar o montante disponível em seu programa de financiamento de curto prazo, de 10 trilhões de ienes para 20 trilhões de ienes. A meta do BoJ é combater a deflação e manter o país no caminho da recuperação.

O Shanghai Composite, de Xangai, subiu 1,93%, aos 3.050 pontos. Em Tóquio, o índice Nikkei 225 teve alta de 1,17%, para 10.846 pontos. O Hang Seng, de Hong Kong, marcou 1,72%, somando 21.384 pontos, e o Kospi, de Seul, aumentou 2,11%, para 1.682 pontos.

Os destaques desta sessão foram as companhias de tecnologia. Elpida Memory apresentou valorização de 1,6%. Existe a expectativa de que a companhia apresente resultados financeiros anuais melhores do que o previsto. Tokyo Electron e Advantest subiram 1,4% cada uma. Por sua vez, a Johnson Electric ganhou 4,2% e o Lenovo Group aumentou 1,5%.

Em Hong Kong, o setor imobiliário registrou ganhos. Sun Hung Kai Properties teve alta de 4% e Hang Lung Properties apresentou elevação de 3,7%.

(Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.