Washington, 7 jul (EFE).- O Federal Reserve (Fed, banco central americano) e a Securities and Exchange Commission (SEC, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos) anunciaram hoje que vão cooperar mais para melhorar a supervisão dos bancos e detectar potenciais situações de risco.

O acordo, assinado pelo presidente do Fed, Ben Bernanke, e o titular da SEC, Christopher Cox, vai aumentar a troca de informações entre ambas as entidades, além da vigilância sobre as operações bancárias.

As duas instituições também estreitarão laços em áreas de interesse comum, como o combate à lavagem de dinheiro e as operações de liquidação e compensação feitas entre bancos e companhias de investimento.

"A importância desta maior cooperação se vê ressaltada pela recente tensão nos mercados financeiros, que afetou os bancos comerciais e de investimento, assim como muitos outros agentes do mercado", destacou a SEC em comunicado. EFE tb/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.