Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fed diz que juro será baixo por algum tempo e promete apoiar economia

SÃO PAULO - Ao derrubar a meta do juro básico dos EUA de 1% para um intervalo entre zero e 0,25% ao ano, o Federal Reserve (Fed, banco central americano) prometeu empregar todas as ferramentas disponíveis para promover a retomada do crescimento econômico sustentável e preservar a estabilidade de preços . Diante da grave crise vivida pelo sistema financeiro, e que se espalhou para a economia real dos Estados Unidos e de todo o mundo, o Fed admitiu ainda que a deterioração das condições econômicas lhe dá aval para manter os juros básicos em níveis excepcionalmente baixos por algum tempo .

Valor Online |

Tendo praticamente eliminado a meta do juro básico, o Fed sinalizou também que passará a fazer uso mais pesado de outros instrumentos de política monetária. " O Federal Reserve continuará a considerar meios de usar seu balanço patrimonial para dar mais apoio ao Mercado de crédito e à atividade econômica " , diz o comunicado que acompanhou a decisão. " O foco da política será sustentar o funcionamento dos mercados financeiros e estimular a economia por meio de operações de mercado aberto e outras medidas que sustentem o balanço patrimonial do Fed em um nível elevado. "
A autoridade monetária lembrou que, nos próximos trimestres, vai comprar grandes quantidades de títulos de dívida de financiadores de hipotecas e ativos atrelados a esses créditos. Frisou ainda estar disponível para elevar essas compras, se for necessário. " O Comitê de Política Monetária também está avaliando os benefícios potenciais de comprar títulos do Tesouro de longo prazo " , acrescenta o texto.

Para justificar suas decisões, o Comitê afirmou que desde a reunião dos dias 28 e 29 de outubro, pioraram as condições do mercado de trabalho e da concessão de crédito, e diminuíram a produção industrial, o gasto do consumidor e o investimento das empresas. De forma geral, segundo o comitê, as perspectivas para a atividade econômica se enfraqueceram ainda mais.

Por outro lado, as pressões inflacionárias - a outra preocupação do Fed, ao lado do crescimento econômico - " diminuíram apreciavelmente " . E o comitê espera que a inflação continue a baixar nos próximos trimestres, na esteira da queda dos preços do petróleo e outras commodities, além da menor atividade econômica.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG