Tamanho do texto

SÃO PAULO - O Federal Reserve (Fed) anunciou nesta terça-feira que deve disponibilizar US$ 540 bilhões para a compra de ativos de fundos de money market (aplicação de curto prazo em renda fixa e de baixo risco) nos Estados Unidos. A informação foi divulgada na tarde de por agências internacionais, citando fontes do Fed.

Este será o montante que irá compor o Money Market Investor Funding Facility (MMIFF), uma linha de crédito que dará suporte financeiro para um sistema criado pelo setor privado para dar liquidez para os investidores dos mercados de money market.

Sob o MMIFF, o Federal Reserve de Nova York oferecerá financiamento garantido para uma série de sociedades de propósito específico, criadas pela própria indústria, para comprar certo ativos de fundos de money market de alguns investidores.

Em nota, a autoridade monetária americana explicou que os ativos elegíveis irão englobar certificados de depósitos denominados em dólar e commercial papers emitidos por instituições financeiras com alta classificação e com prazo de vencimento de 90 dias ou menos. No primeiro momento, essas sociedades de propósito específico vão comprar ativos de fundos mútuos de money market dos EUA, mas poderão, no futuro, adquirir papéis de outros fundos desta classificação.

Os mercados de títulos da dívida de curto prazo estão sob pressão considerável uma vez que fundos mútuos e outros investidores estão com dificuldades de vender ativos para satisfazer as solicitações de resgates e atender às necessidades de reequilíbrio de portfólio. "A melhoria das condições do money market elevará a capacidade dos bancos e de outros intermediários financeiros para acomodar as necessidades de crédito de empresas e consumidores", declarou o Fed.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.