O Federal Reserve dos Estados Unidos (Fed, banco central) anunciou nesta terça-feira a criação de um dispositivo para sustentar o mercado monetário, que oferecerá empréstimos para comprar obrigações, incluisive de curto prazo, emitidas pelas empresas.

Este recurso permitirá ao Federal Reserve de Nova York oferecer aos fundos monetários e a outros investidores financiamentos para comprar no mercado secundário (commercial papers), com vencimentos a 90 dias, mas também certificados de depósitos, papéis que, ao contrário, permitem que as empresas façam trabalha seus excedentes de tesouraria.

"Os mercados de dívida de curto prazo estiveram submetidos a tensões consideráveis nas últimas semanas, quando os fundos monetários e outros investidores tiveram dificuldade para vender seus ativos a fim de satisfazer os pedidos de retiradas e das necessidades de reequilibrar suas carteiras", explicou o Fed em um comunicado.

Os títulos que poderão participar nesse projeto serão os emitidos pelas empresas americanas com uma classificação elevada das agências.

Esta estrutura complementará a que já foi anunciada pelo Tesoouro, através da qual se comprarão diretamente das empresas as obrigações que elas emitirem. O sistema começa a funcionar na próxima segunda-feira.

O Fed já havia anunciado no domingo a criação de uma estrutura de empréstimos aos bancos para comprar obrigações de empresas vinculadas aos fundos monetários.

hh/fga/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.