O Banco Central americano confirmou nesta terça-feira que injetará 85 bilhões de dólares na seguradora AIG, em uma decisão sem precedentes para salvar a maior seguradora americana da quebra.

Em seu comunicado, o Federal Reserve (Fed) destaca que tomou a decisão "com o total apoio do departamento do Tesouro" e sob a lei que regulamenta o setor.

"O empréstimo tem termos e condições criadas para proteger os interesses do governo americano e dos contribuintes".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.