O Federal Reserve (Fed, banco central) dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira que aumentará em 330 bilhões de dólares suas linhas de crédito concedidas aos outros bancos centrais da Europa, Japão, Canadá e Austrália, para permitir que estes concedam empréstimos em dólares, elevando as mesmas a um total de 620 bilhões.

"Estas medidas são adotadas para reduzir a evidente pressão em termos de financiamento dos mercados tanto nos Estados Unidos como no exterior", anunciou o Fed.

"Com o compromisso de prover um amplo valor em fundos a termo, as decisões do Fed devem tranqüilizar os operadores do mercado de que existe financiamento disponível, reduzindo as preocupações sobre a disposição de fundos e riscos".

bur-rl/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.