Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fecomercio-SP prevê varejo estagnado na área metropolitana em 2009

SÃO PAULO - A Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP) considera como hipótese mais provável para o ano que vem a estagnação das vendas no varejo da região metropolitana de São Paulo, após uma expansão que deve ficar em 6% neste ano. Para as vendas no varejo brasileiro como um todo em 2009, a entidade prevê 4% de alta.

Valor Online |

O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) é estimado em 3% em 2009. Em um cenário pessimista, a expansão seria de 1%. Segundo o organismo, a probabilidade desse baixo crescimento acontecer seria de 10%, assim como o cenário otimista, que levaria a expansão do PIB a 4%.

Para a taxa de câmbio no próximo ano, a Fecomercio-SP aposta em R$ 2,40 no cenário provável, com 80% de chance de acontecer. Em um quadro pessimista, a moeda chegaria a R$ 3 e, em um cenário otimista, o dólar retrocederia a R$ 1,90.

No que diz respeito à taxa básica de juro, a estimativa é de Selic a 13% ao ano, podendo ir a 18% no pior cenário possível e a 11% em um ambiente favorável.

Em relação à inflação medida pelo IPCA, a previsão é de 5,5% no ano que vem. As projeções para o cenário pessimista e otimista são de de 7% e 4%, respectivamente. O teto da meta de inflação é de 6,5%.

Vale reiterar que para a Fecomercio-SP o cenário provável tem 80% de chance de acontecer e leva em conta que a crise internacional perduraria ao longo de 2009, mas com claros indícios de que os mercados caminham para a normalidade.

Já o cenário pessimista, cuja probabilidade de ocorrência é de 10%, o pacote americano de salvamento da economia seria irrelevante, disseminando pânico no mercado financeiro. Na ponta oposta, a hipótese otimista, também com probabilidade de 10% de ocorrência, a crise seria rapidamente equacionada, com eficácia dos pacotes do Tesouro americano no reequilíbrio do setor financeiro e na devolução da confiança dos mercados.

Leia tudo sobre: fecomércio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG