Tamanho do texto

O FBI, a Polícia Federal americana, está investigando possíveis fraudes no financiamento de hipotecas nas agências Fannie Mae, Freddie Mac, na seguradora AIG e no concordatário banco de investimentos Lehman Brothers. Segundo um oficial do FBI não identificado citado por agências internacionais, são duas as linhas de trabalho: uma tem como foco as empresas e sua contabilidade e outra, os indivíduos que comandam (ou comandavam as instituições).

O risco de quebra da Freddie Mac e da Fannie Mae levou o governo George W. Bush a intervir em ambas antes mesmo do pacote de salvamento do sistema financeiro. O aporte total de dinheiro público pode chegar a US$ 200 bilhões. O governo também interveio na AIG, com US$ 85 bilhões. O Lehman Brothers quebrou depois de não encontrar um comprador no mercado.