Tamanho do texto

BRASÍLIA (Reuters) - O déficit em transações correntes do Brasil deve acelerar para 32,7 bilhões de dólares no próximo ano, estimou o Ministério da Fazenda, segundo documento divulgado nesta quarta-feira. O valor é inferior ao previsto para o investimento direto em 2009, de 30 bilhões de dólares.

Para 2010, a Fazenda calcula que o déficit em transações correntes recuará ligeiramente para 31,8 bilhões de dólares, enquanto os investimentos cairão para 28 bilhões de dólares.

(Reportagem de Isabel Versiani)