Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fazenda: prorrogação do PSI estimulará o ciclo de investimentos

O governo optou por dar continuidade ao Programa de Sustentação do Investimento (PSI) porque pretende estimular a manutenção do ciclo de investimentos no País, afirmou há pouco o secretário-adjunto de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira. A vigência do PSI será prorrogada por seis meses a partir de 30 de junho, indo até o fim deste ano.

AE |

O governo optou por dar continuidade ao Programa de Sustentação do Investimento (PSI) porque pretende estimular a manutenção do ciclo de investimentos no País, afirmou há pouco o secretário-adjunto de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira. A vigência do PSI será prorrogada por seis meses a partir de 30 de junho, indo até o fim deste ano. "O próximo ano será importante para o ciclo de investimentos", afirmou o secretário-adjunto. O raciocínio, de acordo com Oliveira, é aumentar a capacidade da produção para atender o aumento da demanda nos próximos anos. "Vamos manter linhas equalizadas, porque, em última instância, são os bens de capital que geram investimento", disse.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG