A Fannie Mae vai solicitar mais US$ 8,4 bilhões ao Departamento de Tesouro dos EUA depois de divulgar prejuízo de US$ 11,5 bilhões no primeiro trimestre. Esse é o último sinal de que o socorro do governo federal para a investidora em hipotecas e sua principal concorrente, Freddie Mac, deve ser o legado mais expressivo do colapso do mercado imobiliário dos EUA.

A Fannie Mae vai solicitar mais US$ 8,4 bilhões ao Departamento de Tesouro dos EUA depois de divulgar prejuízo de US$ 11,5 bilhões no primeiro trimestre. Esse é o último sinal de que o socorro do governo federal para a investidora em hipotecas e sua principal concorrente, Freddie Mac, deve ser o legado mais expressivo do colapso do mercado imobiliário dos EUA.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.