O organismo americano de refinanciamento hipotecário Fannie Mae anunciou nesta quinta-feira um prejuízo de 58,7 bilhões de dólares em 2008, devido a fatores excepcionais no segundo semestre, e pediu ao Tesouro uma ajuda de 15,2 bilhões de dólares para cobrir o déficit.

O grupo, que garante ou detém com seu homólogo Freddie Mac mais de 40% dos empréstimos imobiliários nos Estados Unidos, destacou em um comunicado que o valor solicitado permitirá evitar sua falência.

Fannie Mae prevê "que as condições do mercado que contribuíram para nosso prejuízo em 2008 se agravarão em 2009".

chr/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.