Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fannie Mae tem perdas de US$ 33 bi nos 9 primeiros meses do ano

Nova York - A Fannie Mae, maior empresa de créditos hipotecários dos Estados Unidos, anunciou nesta segunda-feira que nos nove primeiros meses perdeu US$ 33,48 bilhões, frente a um lucro de US$ 1,509 bilhão registrado entre janeiro e setembro de 2007.

EFE |

A gigante hipotecária informou em comunicado que até setembro de 2008 perdeu US$ 24,24 por ação frente a um lucro de US$ 1,17 por título nos nove primeiros meses de 2007.

De janeiro a setembro deste ano, a Fannie Mae faturou US$ 11,8 bilhões, 46% a mais que os US$ 8,106 bilhões no mesmo período do ano anterior.

A Fannie Mae afirmou que no terceiro trimestre perdeu US$ 28,994 bilhões (US$ 13 por ação) frente às perdas de US$ 1,399 bilhão (US$ 1,56 por título) entre julho e setembro de 2007.

A companhia, com sede em Washington, teve no terceiro trimestre do ano receita no valor de US$ 4,059 bilhões, 53% a mais que no mesmo trimestre do ano anterior, quando a receita foram de US$ 2,653 bilhões.

Os resultados da Fannie Mae são piores que os esperados pelos analistas, que calculavam que o gigante hipotecário anunciaria uma perda de US$ 1,60 por ação e um faturamento de US$ 3,39 bilhões.

No primeiro semestre do ano, a Fannie Mae perdeu US$ 4,486 bilhões.

Em setembro, o governo americano interveio nas duas maiores companhias hipotecárias do país, a Fannie Mae e a Freddie Mac, em uma tentativa de resgatar o setor da crise na qual está imerso.

Em 6 de setembro, a companhia passou a operar sob a proteção da Agência Federal de Financiamento Imobiliário (FHFA, por sua sigla em inglês).

Leia também

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

Leia tudo sobre: crise financeirafannie mae

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG