Tamanho do texto

As Bolsa de Nova York operam em baixa nesta sexta-feira, devido à queda vertiginosa das ações dos gigantes do refinanciamento hipotecário Fannie Mae e Freddie Mac e à alta do petróleo: o Dow Jones perdia 0,95%, e o Nasdaq, 0,99%.

Às 14H30 GMT, o Dow Jones Industrial Average (DJIA) caía 107,14 pontos, a 11.121,88 pontos; e o índice Nasdaq, 22,37 pontos, a 2.235,48 pontos.

O índice Standard and Poor's 500 recuava 10,60 pontos, a 1.242,79 pontos (-0,85%).

Quinta-feira, Wall Street terminou em alta, depois de uma sessão indecisa pela persistência das preocupações no setor financeiro e a alta dos preços do petróleo: o Dow Jones ganhou 0,73%, o Nasdaq, 1,03%, e o SP500 subiu 0,70%.

"O assunto da semana, ou seja, o que fazer de Fannie Mae e Freddie Mac, continua derrubando todo setor financeiro", explicaram Andrea Kramer e Joseph Hargett, da Schaeffers.

Em baixa desde o início da semana, as ações de Fannie Mae e Freddie Mac abriram em queda livre nesta sexta-feira, porque segundo o New York Times a administração Bush começou a pensar em socorrer os dois grupos, muitos enfraquecidos pela crise dos créditos imobiliários de alto risco, chamados "subprime".

"Um decisão como esta significaria que as ações de Fannie Mae e Freddie Mac não valem quase nada, ou até mesmo nada", ressaltaram os analistas da Schaeffers.

A ação Fannie Mae caía 36,82%, cotada a US$ 8,34, e a ação da Freddie Mac perdia 42,88%, negociada a US$ 4,57.

gmo/lm/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.