Tamanho do texto

Fannie Mae e Freddie Mac, os dois gigantes americanos do refinanciamento hipotecário em dificuldades, manifestaram neste domingo seu agradecimento pelas medidas anunciadas pelo Tesouro e pelo Federal Reserve, acrescentando que não precisam de capital de imediato.

"Estamos muito agradecidos, tanto a Henry Paulson quanto a Ben Bernanke (presidente do Fed)", declarou Daniel Mudd, presidente da Fannie Mae, em uma nota.

Já a Freddie Mac divulgou um comunicado, reconhecendo, "de coração", o anúncio do Tesouro americano.

O secretário do Tesouro dos EUA, Henry Paulson, anunciou o aumento temporário da linha de crédito para os dois grupos e a possibilidade de compra de títulos de ambas as empresas. O Fed declarou, por sua vez, que ambos poderão ter acesso a refinanciamentos, como acontece com os bancos privados.

aa/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.