Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Famílias no exterior poderão mandar reais ao Brasil

O Banco Central divulgou hoje a Circular 3.430, que regulamenta a possibilidade de empresas e pessoas físicas no exterior realizarem transferências para o Brasil em reais, sem o uso de dólares ou outra moeda estrangeira.

Agência Estado |

A mudança vai simplificar e diminuir os custos de pagamentos para o País. A possibilidade de transferir reais do exterior para o Brasil havia sido prevista na Medida Provisória 435, que se transformou na Lei 11.803.

Atualmente, quando, por exemplo, um importador chinês de produtos brasileiros precisa pagar o fornecedor no Brasil, são necessárias duas operações de câmbio. Na primeira, a empresa chinesa troca yuans por dólares em uma instituição financeira instalada no país. Depois, esse banco transfere os dólares para o Brasil. No País, os dólares são recebidos pela empresa brasileira, que precisa realizar novo câmbio para transformar o valor em reais. A partir de agora, essa operação vai ter apenas uma operação de câmbio: a conversão dos yuans em reais, sem a necessidade de uso de dólares norte-americanos. Da China, os reais serão transferidos para o Brasil. Assim, os custos e a burocracia devem ser reduzidos.

Além de empresas, a medida beneficia trabalhadores brasileiros que moram no exterior e remetem recursos frequentemente às famílias, como os dekasseguis no Japão. Operações de até R$ 10 mil serão consideradas transações de câmbio simplificadas, nas quais é preciso apenas registrar o valor da transferência e os dados do remetente e do destinatário. Para operações com valor superior a R$ 10 mil, a parte que receber os reais no Brasil deverá ir à instituição financeira para o recebimento dos recursos. Segundo avaliação do BC, o impacto da medida nas cotações do câmbio será neutro.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG