Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Família Baggio retoma exportação de cafés especiais

São Paulo, 13 - A Família Baggio, tradicional produtora de café da alta mogiana paulista, vai retomar a exportação de grãos verdes este ano. Em 2008, as vendas externas foram interrompidas por causa do câmbio, que não era compensador, afirma a empresária Liana Baggio, representante da quarta geração da família italiana, que se dedica às lavouras de café desde que chegou ao Brasil em 1886.

Agência Estado |

O real fortalecido em relação ao dólar reduzia a competitividade no exterior.

Conforme Liana, os primeiros contêineres, de 320 sacas cada, serão embarcados para os Estados Unidos nas próximas semanas. "No ano passado não foi possível competir por causa do câmbio e dos preços dos grandes exportadores", informa ela, que faz vendas diretas ao exterior, principalmente para Estados Unidos e Itália. Em abril, no período de 16 a 19, a empresária pretende aproveitar a participação como expositora no mais importante evento de cafés especiais do mundo, que ocorrerá em Atlanta, nos Estados Unidos, para tentar fechar novas parcerias, sempre por meio de venda direta.

Das três fazendas da família dedicadas exclusivamente ao cultivo de café arábica (duas em Piumhi, no sul de Minas, e outra em Leme, na mogiana paulista) saem todos os anos cerca de 15 mil sacas de 60 quilos do produto, principalmente da variedade bourbon. A secagem dos grãos é natural, em terreiros.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG