Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Falta de chuva piora condição de lavouras do Paraná, divulga Deral

São Paulo, 10 - A falta de chuvas no Paraná piorou as condições das lavouras de grãos. Segundo levantamento divulgado hoje pelo Departamento de Economia Rural (Deral), o desenvolvimento da lavoura é bom em 66% da área plantada com soja e 56% da área de milho, ante 86% e 84% na semana anterior.

Agência Estado |

A estiagem também atinge as lavouras de feijão, que tem 45% da área em boas condições e 31% em condições médias, ante 56% e 31% na semana anterior; 24% das lavouras da leguminosa têm condições ruins de desenvolvimento contra 13% na semana passada. Há perdas, mas ainda não foram contabilizadas. Uma frente fria ingressou no Sul do País e hoje voltou a chover em boa parte do Estado.

Segundo o Simepar, nas regiões oeste, sudoeste e noroeste do Paraná, onde a estiagem se prolongava havia mais de três semanas, as chuvas se distribuem mais uniformes do que no norte. "Entre os setores central ao leste não há chuvas registradas, entretanto as nuvens que se encontram no Paraguai apresentam deslocamento de oeste para o leste", informa.

O plantio de milho e feijão está praticamente encerrado no Paraná, com 99% da área cultivada. A soja foi implantada em 94% da área até a segunda-feira. A colheita de trigo também está encerrada. O cereal foi retirado de 99% das lavouras. A comercialização do grão é lenta, com 40% da produção vendida até esta semana. Do milho safrinha, 63% da produção foi comercializada.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG