O presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Ben Bernanke, afirmou que, se o Congresso demorar para adotar a lei necessária para socorrer os bancos, as conseqüências serão muito sérias para os mercados e para a economia americana.

Em trechos divulgados das declarações que serão feitas ante o Congresso ainda nesta terça, Bernanke afirma que, apesar das medidas adotadas para ajudar os bancos em crise, os mercados financeiros mundiais continuam "sob pressão extraordinária".

"Apesar dos esforços do Fed, do Tesouro e de outros organismos, os mercados financeiros mundiais continuam sob uma pressão extraordinária".

fga/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.