Brasília, 10 - O presidente da Oi, Luiz Eduardo Falco, demonstrou confiança de que a compra da Brasil Telecom (BrT) será aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A operação é ótima para a competição, afirmou Falco, após ser recebido pelo presidente do Cade, Arthur Badin.

"Como a autarquia (o Cade) tem que olhar a competição, e nós estamos propondo uma operação que é boa para a competição, não estou vendo nenhum problema, estou vendo solução", acrescentou.

O processo, no entanto, ainda não chegou ao Cade, que aguarda a instrução a ser enviada pela Agência Nacional o de Telecomunicações (Anatel). Quando o processo chegar ao conselho da Anatel, este terá 60 dias para votá-lo, mas esse prazo pode ser suspenso sempre que considerar necessárias novas informações.

Falco informou que a marca da Oi será implantada na BrT ainda no primeiro semestre deste ano e disse que a empresa cumprirá todos os compromissos assumidos com a Anatel quando a agência aprovou o negócio, em dezembro do ano passado. Entre os compromissos está o de manter os postos de trabalho. "Vamos fazer pequenos ajustes administrativos ao longo do tempo. Não há empresa com duas administrações", disse Falco.

O presidente da Oi manifestou otimismo com a implantação da regra da portabilidade no País e disse que a empresa está ganhando clientes. "O que a gente tem visto é que, na telefonia fixa, está neutro e, na celular, a gente tem ganhado fortemente."
(Gerusa Marques)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.