SÃO PAULO - A fabricante americana de papéis Schweitzer-Mauduit International Inc. informou hoje que está reestruturando dívidas da ordem de US$ 3,3 milhões para fechar sua operação brasileira de papéis revestidos.

O segmento tem sofrido com o aumento das pressões inflacionárias, que nós não conseguimos compensar com a elevação nos preços de venda, disse em comunicado o chefe-executivo da empresa, Wayne H. Deitrich.

Devido à desvalorização do dólar contra o real brasileiro, os papéis revestidos importados mais baratos ganharam aproximadamente 43% do mercado local, afirmou o executivo.

Como resultado, cerca de 100 pessoas, aproximadamente 16% do quadro de funcionários da empresa no Brasil, serão demitidas.

A operação brasileira da Schweitzer-Mauduit irá focar agora o negócio em papéis para tabaco.

(Murillo Camarotto | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.