Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ex-presidente da AIG teria recusado pagamento de US$22 mi, diz jornal

BANGALORE - O ex-presidente-executivo da AIG Robert Willumstad teria rejeitado pagamento de US$ 22 milhões, relativo a seu desligamento, informou o Wall Street Journal, citando pessoas próximas da decisão.

Reuters |

Acordo Ortográfico

O WSJ afirma que Willumstad mandou um email a seu sucessor, Edward Liddy, informando-o sobre sua decisão de recusar o pagamento, dado que não foi capaz de executar o plano de reestruturação que desenvolveu, informou o jornal.

A publicação também informou que os acionistas de maior peso que estavam preocupados quanto à tomada da empresa por parte do governo dos EUA estavam planejando se reunir nesta segunda-feira para discutir alternativas ao resgate federal.

A AIG e Robert Willumstad não puderam ser contatados imediatamente para comentar o assunto.

Leia mais sobre a debacle da AIG

Leia tudo sobre: executivo da aig

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG