Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Exportador terá isenção de impostos na compra de insumo nacional

Brasília, 18 - Os exportadores brasileiros poderão contar, a partir de 1º de outubro, com a isenção de IPI, PIS e Cofins na compra de insumos nacionais a serem utilizados na fabricação de produtos destinados ao mercado exterior. Uma portaria conjunta dos ministérios da Fazenda e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, assinada hoje, regulamenta o chamado drawback verde-amarelo, que dará esses benefícios tributários aos exportadores e trará mais competitividade aos insumos nacionais frente aos importados.

Agência Estado |

Segundo a secretária da Receita Federal, Lina Maria Vieira, a medida simplifica e desburocratiza o benefício tributário para os exportadores. De acordo com ela, as empresas eminentemente exportadoras levam, em média, um ano para conseguir compensar o crédito gerado na compra de insumos nacionais utilizados na fabricação de produtos exportáveis.

A secretária, no entanto, não revelou o impacto imediato na arrecadação. Lina disse que a grande diferença será apenas de fluxo de caixa, já que a suspensão dos impostos ocorrerá no ato da compra dos insumos. "Isso vai reduzir o custo Brasil porque hoje existe um controle rigoroso de crédito e débito de impostos. O drawback verde-amarelo vai liberar para as empresas esse capital investido que hoje fica amarrado por causa dessa incidência tributária", disse a secretária. Ela acrescentou que o drawback verde-amarelo vai reduzir em 17% a carga tributária incidente sobre a compra desses insumos.

O secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Welber Barral, disse que, em 2007, 2.283 empresas utilizaram o atual regime de drawback que concede isenção tributária para a importação de insumos utilizados na fabricação de produtos exportáveis. A previsão é que, no primeiro ano de implantação do drawback verde-amarelo, esse número cresça para 5.000 empresas exportadoras.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG