Ribeirão Preto, SP, 11 - As exportações do agronegócio paulista caíram 8,8%, para US$ 1,03 bilhão e as importações do setor recuaram 29,2% e atingiram US$ 460 milhões em janeiro deste ano ante janeiro de 2008, quando movimentaram, respectivamente, US$ 1,13 bilhão e US$ 650 milhões. De acordo com levantamento do Instituto de Economia Agrícola (IEA), com a forte redução das importações, o saldo da balança comercial do agronegócio de São Paulo atingiu US$ 570 milhões em janeiro de 2009, alta de 18,8% sobre igual mês do ano passado.

Mesmo com a queda, as exportações ligadas à agropecuária aumentaram de 28,5% para 37,5% a participação em todas as vendas externas do Estado de São Paulo, que somaram US$ 2,75 bilhões no mês passado. Já as importações responderam por 10,4% dos US$ 4,44 bilhões movimentados com as compras paulistas do exterior, ante 13,5% em janeiro de 2008.

O saldo positivo de US$ 570 milhões a balança comercial do agronegócio paulista evitou que o déficit da balança geral de São Paulo fosse ainda maior que o US$ 1,69 bilhão do mês passado. O saldo negativo seria de US$ 2,26 bilhões se fossem excluídos os produtos do setor.

O secretário de Agricultura e Abastecimento, João Sampaio avaliou que "o efeito câmbio" ajudou o setor em janeiro "pois melhora a situação para alguns produtos exportados, os quais tiveram recuperação de preços no cenário internacional". Em relação ao agronegócio brasileiro, as exportações setoriais de São Paulo no primeiro mês de 2009 representaram 23,7%, ou 0,6 ponto porcentual a mais que os 23,1% do mesmo mês de 2008, enquanto as importações representaram 32,9%, 0,2 ponto porcentual superior à verificada no ano anterior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.